Ponto de vista do Can

Tin: Eu vou te buscar meio dia.

Eu não quero ir…

Tin: Leia essa mensagem para provar que você sabe. Eu te vejo no campo de futebol…

Eu não vou, eu quero ir comer com meus veteranos!

Estou deprimido, muito deprimido, muito, muito deprimido!

Olhei as mensagens curtas na tela do meu celular e senti meu coração afundar. Como uma pessoa que mantém a palavra, eu respondi a mensagem que Tin me mandou hoje de manhã, e sabe qual foi o resultado?

Ele mandou pequenas mensagens avisando que ia vir me buscar depois do treino, não importa o que eu respondesse.

De acordo com minhas habilidades de compreensão, isso quer dizer que, não importa o que eu disser, ele não vai ver, apenas ignorar minhas mensagens.

Merda! Ele deve estar fingindo que não vê!

– Macaquinho, vamos almoçar juntos.

– P’Type …

Quando os veteranos voltaram do chuveiro, completamente limpos e vestidos, eu os chamei como uma vaca indo para o abatedouro.

– Hahahaha, qual o problema? Você está fazendo essa cara estranha.

Minha boca é a mais estranha, como  a de uma criança que foi provocada.

– Eu quero ir almoçar com vocês. Eu quero ir, eu quero ir, eu quero ir com vocês!!!

Quando estou com meus veteranos, eu geralmente gosto de provocá-los, até mesmo gosto quando eles me provocam de volta, e, mesmo agindo de forma meio louca, sei que eles ainda gostam muito de mim.

– Por que você está assim? Esqueceu de tomar seu remédio? Hoje de manhã, eu te vi pulando no meio do campo.

– Desculpe! Desculpe!

Quando vi o capitão chegando, eu me levantei e fui para trás.

– SORRY, SORRY, SORRY, SORRY (Trecho de uma música do Super Junior).

***

Se existe um som parecido com o de um corpo oco andando, esse é o som que estou fazendo enquanto caminho, coloco as mãos ao redor do pescoço de P’No e ajo como se fosse um pudim grudento.

– O que aconteceu com você Macaco?! – P’No, meu veterano, pergunta.

– Lanche grátis!

– Ok, ok, você é um caloteiro. Eu disse que, se você não ficasse doente hoje, iria te levar na feira para comer espetinho, então vamos comer rápido para terminar seu treino depois. – P’No disse, bagunçando meu cabelo.

Encostei minha cabeça no ombro dele e depois o olhei, erguendo minhas duas mãos: – Dez!

– Eu vou te bater, acredite ou não. Você acha que a feira da faculdade vende espeto no atacado? Seu fedorento, você quer comer ou encher a boca? Só porque é de graça, você planeja matar minha carteira? – Ele bateu minha cabeça e eu esfreguei a área atingida.

– Hei P’, você disse que ia me chamar para comer, mas só fica me batendo!

– Um golpe também é um convite, quer experimentar?

– Hoi! Qual é o seu problema?! P’Type e P’Champ já estão impacientes porque estamos aqui parados, vamos nos atrasar!

Comecei a reclamar e logo passei a andar bem rápido, desviando do chute que ele quase me deu e me escondendo atrás dos outros dois veteranos, que sacudiram a cabeça, rindo.

– Você quer me falir?!

– Hoi! Eu vou dizer pra todo mundo do campus que meu capitão é mesquinho!

– Oye, vem aqui!

– Você não me pega! – Disse balançando meu bumbum pro P’No, mas ele não ligava mais, então não voltou a me perseguir.

– Nós vamos comer juntos, então não vou ficar bravo hoje, mas, se você não me deixar te chutar, eu nunca mais vou comprar coisas pra você!

Ouvindo o tom de voz do P’No eu senti como se ele tivesse um Ás na manga, então eu apenas concordei e não o segui.

– Onde eu deveria ir com você? Eu não posso ir. – Murmurei pra mim mesmo, pensando que eles iam ficar comigo, mas não ficaram. Eles seguiram seu caminho sem um único suspiro ou olhar para trás, então desapareceram da minha vista. Eu estava tão deprimido que caí sobre meus joelhos no chão.

Eu podia estar comendo de graça agora, então por que deveria estar indo com o Tin? Mas, se eu não for com ele, ele vai dizer que estou fugindo da minha dívida, sempre isso. Toda vez! O grande elefante na sala!

– Se eu fosse o tipo de pessoa que não mantém minhas promessas …

– O que? Você não ia esperar por mim?

Eu estava conversando com a calçada quando ouvi algo atrás de mim. Quando me virei, vi o Jovem Mestre parado ali, me encarando com seu olhar frio.

– O que tem de errado com você? Eu não estou te esperando aqui? Então, por que você está me olhando dessa forma?

Eu realmente pensei nisso, parece que não tenho visto os olhos dele por um bom tempo. Ele tem esse tipo de olhar, que me encara como se eu fosse seu oxigênio, e ele um vulcão prestes a explodir.

– Não …

– Por que?! Eu vou suspirar sempre que te olhar. Estou aqui esperando por você. Se não fosse por isso, teria ido com meus veteranos. Você está muito atrasado, meu estômago já está doendo. Você não viu o relógio? Já passou do meio dia!

Toda vez que ele tem a oportunidade de me envergonhar, ele faz isso, sendo assim, dessa vez, tendo captado um erro dele, eu não poderia deixar a oportunidade escapar, mas ele …

– Quem disse que estou atrasado?

– Tudo bem, por que queria que eu te esperasse?

– Por nada.

– Em que atividades você se inscreveu? São fáceis ou difíceis? Não tem nada lá, e você nunca me diz nada. O que eu deveria fazer?

Eu vi ele suspirando para mim de novo, parecendo muito irritado, mas duvido que eu tenha pisado no seu calo.

Ou será que isso é por causa do vídeo da noite passada?

Começo a pensar no vídeo. No começo, ele mostra algumas meninas brincando na água, mas então aparece um fantasma do nada. Esse vídeo costumava assustar a Lemon até que ela gritasse, então ela passou a dizer que isso foi uma simples metamorfose para ela.

Será que Tin está com medo?

– Hei, você tem medo de fantasmas? – Pergunto, me levantando e ficando parado na frente dele.

De repente eu fiquei muito, muito animado. Se ele tivesse medo de fantasmas, então eu definitivamente deveria ver filmes sobre isso com ele da próxima vez que formos assistir algo juntos!

– Foi entediante. – Ele estava se referindo ao vídeo.

Então ele disse que aquilo fazia parte da sua rotina, por isso estava acostumado. Eu queria perguntar para ele sobre aquilo, mas decidi me focar em outra coisa.

– Bem, eu estou entediado, vamos? Eu estou com fome, vamos comer!

Não queria continuar discutindo com ele, então estendi minha mão e agarrei seu braço com todo meu coração e ele, ao invés de me seguir, segurou meu outro braço com sua outra mão.

– O que você está fazendo? Eu estou com fome, quase morrendo. Ainda não percebeu que já passou do meio dia? Muitas pessoas morrem de fome e eu estou com fome, você …

*Chuac*

– O que …? – Enquanto eu estava falando, sabe o que ele fez? Ele realmente tapou minha boca com a mão e beijou meu rosto!!! Minha única reação foi recolher a mão e tocar meu rosto. Olhando o canto de sua boca, eu realmente não sei porque subitamente saí com ele.

– Seu rosto está limpo hoje?

– Eu limpei … – Respondi de forma tola, então Tin disse:

– Eu imaginei, o gosto está bem melhor que da última vez.

Eu abri minha boca, sem entender o que ele queria dizer.

Beijos tem gosto? Por acaso ele estendeu a língua para lamber meu rosto? Mas meu rosto deveria estar … não, meu rosto não está suado. O que ele quer dizer com ‘o gosto está melhor que da última vez’? Oh, eu estou com tanta raiva!

Cocei minha cabeça e fui levemente empurrado para frente por Tin. Eu podia sentir que o humor de Tin havia melhorado muito.

Hum … eu queria dizer a Tin que eu estava tendo arrepios e que subitamente precisava ir ao banheiro.

Esqueça o que aconteceu dez minutos atrás!

Me convenci de que o gosto do meu rosto não tinha nada a ver com o problema, o verdadeiro problema estava na minha frente, esperando por mim. Isso não estava certo, não estava apenas na minha frente!

– Tem pés de porco, frango com pimenta preta, bolas de carne, ovas de peixe …

Então olhei para a esquerda.

– Frango assado, fígado assado, arroz muçulmano, bolos e smoothies de morango à esquerda …

Então olhei para cima.

– Isso é o Paraíso!

– Isso é o Inferno.

Eu perdi …

Minha profunda interpretação afetuosa do local onde eu estava foi interrompida pela negatividade da pessoa ao meu lado, então tive que olhar para trás, para ver o rosto incompreensível desse cara.

Oh, o inferno está realmente atrás de mim!

Pensando mais sobre isso, não consegui segurar o riso. Acabei me lembrando da última vez, quando fui ao Paragon com Tin, a expressão que ele estava fazendo naquela época em que o levei para comer no pequeno café era a mesma que estava fazendo agora. Não, errado, a expressão dele está dez vezes pior agora, porque, da última vez, pelo menos tinha ar condicionado no local, mas agora estávamos no meio da feira.

Sim, esse pobre rapaz só tem dinheiro para me levar pra comer no shopping, mas, claro, eu recusei. Além de ser mais barato recusar, hoje é sexta feira. Sabe o que tem na faculdade às sextas?

Feira!

Nela, tem uma variedades de comidas deliciosas, vários tipos de doces, comidas salgadas e apimentadas. Mesmo que a comida daqui não seja barata como nos mercados externos, aqui tem tudo o que você gostaria de comer, então por que deveríamos sair para comer fora? Além disso, eu não achei mesmo que ele viria comer aqui no mercado comigo, mas é claro, ele estava preparado para andar por todo o caminho. Quem imaginou que ele realmente viria atrás de mim?

Nesse momento a expressão de Tin está realmente incompreensível.

– Está quente! Cheio de pessoas! E cheira mal!

Bem, essa expressão é como a de alguém que foi forçado a esfregar o chão sujo de um banheiro.

– Onde está fedendo? Seu olfato está morto! Sinta esse cheiro, você nunca sentiu cheiro de frango assado antes? Nossa … chega dá água na boca!

Farejei o ar e deixei o cheiro da comida invadir meus sentidos, o que fez meu estômago protestar fortemente, e me levou a ignorar Tin enquanto seguia até meu alvo. Como já tinha passado do meio dia, todo mundo estava livre e enchendo os caminhos da feira, o que me tornou uma agulha no palheiro.

– Pode me dar três espetos de frango grelhado, dois de fígado grelhado e dois espetos de baquetas? – Pedi a menina da barraca, então ela me deu os espetos. Na verdade, eu não trouxe muito dinheiro, mas lembro que Tin já pagou muitas coisas para mim várias vezes, então quero retribuir. E o que eu acho delicioso não é necessariamente a comida de um restaurante fino, então …

– Você quer arroz?

– Sim, duas porções. – Assim que respondi e olhei para a pessoa do meu lado na tenda, senti em meu coração que deveria ser o suficiente. Vou encontrar outras comidas depois, então preciso preparar meu bolso … – Hei Tin! Me deixe pagar dessa vez!

Eu tinha pegado minha carteira, mas ele já havia estendido uma nota de mil bath para a vendedora, sem nem me olhar ou perguntar nada.

– Isso paga tudo?

Esse cara nunca comprou nada na feira?

Eu tinha minhas suspeitas e a vendedora parecia estar com medo da aura de Tin, então pegou o dinheiro e rapidamente arrumou o troco, que peguei, então rapidamente o tirei do meio da multidão e lhe entreguei o dinheiro.

– Pegue.

Ele não pegou o dinheiro, só ficou lá com a sobrancelha tão franzida que poderia esmagar mosquitos no meio delas. Pensando bem, ele vem franzindo as sobrancelhas desde que chegamos na feira.

– Não. Quer se apressar e comprar logo alguma coisa para comer? Está quente!

Na verdade, no começo, eu ainda tinha uma objeção, mas, ouvindo o tom de voz dele, me senti um pouco desconfortável, então zombei.

– Bem, vou me apressar e comprar logo comida. Venha, siga o vovô Can.

Então voltei a caminhar para dentro da feira e depois voltei a olhar para trás, para ver se ele estava me seguindo, enquanto sentia que aquilo era muito divertido.

Sim, meus amigos, ver esse Jovem Mestre suando a ponto de sua camisa ficar molhada, e fazendo cara feia como se tivesse pisado em fezes, é realmente muito divertido e mais engraçado que provocar o P’No. Eu, deliberadamente, levei Tin pelos caminhos que tinham mais pessoas, para que ele tivesse que se espremer entre elas.

Foi tão engraçado! Hahaha!

Eu quase gritei de tanto rir. Juro que nunca o vi tão fora de controle desde que o conheci. Que tipo de expressão ele costuma ter? Ele geralmente só tem uma expressão, e é sempre como se tudo no mundo o incomodasse, e todos fossem formigas inconvenientes. Até mesmo quando ele me conta sobre o passado dele, seu rosto tem uma expressão indiferente, como se estivesse contando a história de outra pessoa. Mas agora, sua voz está finalmente ganhando entonações diferentes e outras emoções estão aparecendo, o que o faz parecer um ser humano normal. Isso vale muito a pena!

– Tio, tio! Ainda tem dois ovos de peixe, você pode comer aqui.

Finalmente, depois de passear pelo mercado, compramos muitas coisas: um grande saco de porco assado, um ovo de peixe com molho picante, coro de frango frito, uma grande caixa de bolos, dois pedaços de pão matcha e até mesmo um cânhamo, bibimbap e duas tigelas de ovos de peixe.

Tudo pago por Tin.

– Você é realmente rápido em pagar pela comida …

Tin ficou parado atrás de mim, em silêncio, usando seus olhos para me repreender quando eu conseguia pagar e sair enquanto ainda brincava com minha carteira.

Se você está se perguntando por que não paguei por essas coisas eu mesmo, não pense que é porque eu queria que ele pagasse por tudo ou porque não quis pagar. Eu fui derrotado por ele, e no fim das contas acabei carregando tudo, menos o grande saco de frango grelhado. Esse Jovem Mestre, na verdade, está andando atrás de mim só para me ajudar a pagar algumas coisas.

– Você terminou?

– Oh, eu ainda quero comprar água. Você pode me ajudar a carregar essas coisas? Meus dedos estão doendo …

Está realmente pesado e toda a comida está sendo carregada unicamente por mim. Quem iria imaginar que o Jovem Mestre Tin finalmente iria perder a cabeça?

– Pare!

Ele está gritando comigo de novo!

– Espere por mim aqui.

– Eu não sou o Ai’Gucci! – Gritei de volta, dizendo que não era estúpido como um cachorro.

– Espere por mim aqui!

Parece que a paciência dele finalmente atingiu o limite, porque seu tom de voz está muito sério. Dei de ombros. Eu realmente quero saber se ele vai aguentar voltar para as aulas depois de ter ultrapassado seu limite, então o vi andando um pouco a frente para loja de bebidas.

– Será que eu exagerei na brincadeira? – Murmurei para mim mesmo, enquanto olhava as costas de Tin. Suas costas estavam tão molhadas que parecia que alguém tinha derramado água nele. Sua camisa estava pegajosa, grudando em seu corpo … tão … sexy …

Espera … eu acabei de dizer que o Tin é sexy??? MAS QUE MERDA???! Não, não! Eu definitivamente não tenho esse tipo de pensamento sobre ele, absolutamente não!

– Oh-ho Can, você não disse que não tinha dinheiro? Tem certeza que vai conseguir comer tudo isso?

– Hei, P’No. – Disse me virando e encontrando meu veterano atrás de mim, enquanto ele tomava um smoothie. Ele estava olhando para as sacolas em minhas mãos, então me apressei à escondê-las atrás de mim.

Não consegui evitar, afinal, mesmo que você tenha dinheiro para comprar coisas, você ainda não consegue evitar querer ganhar elas de graça.

– Não, Capitão, essas coisas são do meu amigo. Ele foi ali comprar água. Onde está o P’Type?

Eu rapidamente desviei sua atenção para outro problema, então ele lambeu os lábios e disse: – Ele me abandonou, ali, seu veterano está ali!

Olhei na direção que ele apontou e vi o alto P’Type andando ombro a ombro com um P’ bem familiar.

– Oh … o P’Type te abandonou para ir com outro amigo, oh … como você se sente? – Perguntei balançando as sobrancelhas para o provocar mais uma vez.

– Quem disse que ele foi com outro amigo?

– Eles não são amigos?

– De forma alguma.

Mas o que é isso? Por que todas as pessoas ao meu redor são assim? Eu faço perguntas, mas eles não me respondem. Eles acham que eu vou adivinhar o que eles tem na cabeça? Não, não aconteceu nada! Olhei de volta para P’Type e lembrei que a pessoa alta ao seu lado era um veterano da Faculdade de Música. Ele parece ser um bom amigo do P’Type e, se não me engano, eles moram juntos fora da faculdade, então o que tem de estranho no P’Type e ele andarem perto um do outro?

Talvez o P’No esteja muito emotivo.

– Hei P’No, você não tem sentimentos? Eu vou cantar um pouco para confortar seu coração ferido … eu devo admitir que algumas vezes eu me preocupo demais com você …

Desde que tenho um pouco de tempo, decido fazer da minha mão um microfone para cantar a P’No e o provocar um pouco. Apenas algumas letras depois e ele já estava me olhando com uma cara amuada.

P’Type está tão errado, porque eu realmente me importo com você.  Eu costumo me perguntar, enquanto te guardo silenciosamente …

– Você está louco? Eu estou prestes a te bater! Já acabou?

– Ainda não P’. Apenas escute, vou cantar para você … Ao menos me diga com quem você anda … meu querido!

P’Techno provavelmente já se cansou de me ouvir cantar, afinal, não tem ninguém mais agudo do que eu, então ele tapou os ouvidos.

– Hei P’No! Eu quero te mostrar meu amor. Quero ouvir sua voz. Oh … você não me ama! Oh … só eu me importo com você. Hahahaha. Você não … Ouch! P’No, você está me sufocando! Capitão!!!

Meu querido P’ está com os braços ao meu redor, me sufocando tanto que começo a pedir ajuda, mas continuo cantando, então ele me sufoca mais, até que a música saia fragmentada. Uma coisa é certa, eu e ele temos o mesmo atributo, nós dois não temos vergonha.

– Você quer que eu mime apenas você? Venha aqui, deixe seu P’ ser bom para você. Eu te amo seu Macaco Bundão!!!

A última frase parecia ter saído arrastada por entre os seus dentes, mas é claro que eu não teria medo …

– O que você está fazendo?! – A voz fria me fez parar de rir.

Eu não tenho medo de ninguém, mas, quando vejo a expressão de Tin enquanto segura duas garrafas de água, não consigo engolir o nó em minha garganta.

– Quem é esse?

P’Techno, que estava embrenhado em mim, pergunta com medo.

– Hei, amigo …

– Eu acho que ele é bem familiar, como se eu já tivesse visto ele antes.

Essa não é a pessoa que levou um soco do seu colega, no meio do campo de futebol? Meu P’ é muito esquecido!

Claro, eu só posso pensar nisso dentro do meu coração, porque, nesse momento, já saí dos braços do meu P’, que antes estavam ao redor do meu pescoço … é claro, eu não estava consciente, mas ele ficou encarando meu pescoço por um minuto inteiro, então, se você não é estúpido, vai perceber o que ele estava encarando.

– Você não vai comer?!!!

– Eu vou comer! Claro que eu vou comer! Por que você compraria tanta coisa, então? – Corri de volta para Tin, que tinha um tom de voz muito intolerante.

– Então vá rápido, eu não gosto de pessoas que fazem as coisas devagar!

(Tradutora: kkkkkk vinagre pra minha salada até o fim do ano que vem).

Eh? Ele está com raiva?

Olhei para P’No, a cabeça do time, com o canto dos olhos. Sua expressão era mais agressiva que a minha, e eu não sabia porque tinha sido varrido pelo tufão desse Jovem Mestre.

– Então, eu vou indo primeiro, te vejo no treino da tarde. – Me despedi rapidamente do P’No, então segui atrás de Tin.

Não sei o que está se passando em sua cabeça. Será que o calor chegou ao seu cérebro? Contudo, o mais importante é que eu não o segui para gritar com ele, pedir desculpas ou perguntar o motivo de sua raiva, mas sim porque ele ainda estava segurando meu frango assado nas mãos.

Ponto de vista do Tin

Por que eu tenho que gostar dele?!

Eu me perguntei isso várias vezes. Toda vez, eu encontro a resposta na carta de desculpas que ele me escreveu e eu ainda guardo, e também na expressão triste e quase chorosa de quando ele me ouviu. Quando caminhei com ele dentro de uma feira e tive que passar um tempo lá, eu não pude deixar de me questionar sobre isso de novo enquanto provava essa doçura amarga.

Eu acho que sou uma pessoa muito egocêntrica. Eu não gosto de seguir ninguém, as pessoas que me seguem, mas eu não tenho qualquer resistência a Can. Se ele diz que quer comer na feira, então eu prontamente o sigo.

Se fosse qualquer outra pessoa, eu teria o deixado ir sozinho enquanto procurava um lugar confortável para sentar e esperar, mas, como essa pessoa era ele, eu acabei fazendo companhia até o fim.

Estava quente, cheio de pessoas, barulhento, cheio de vários cheiros misturados e não tinha nenhum lugar para sentar e comer, mas o mais grave era … Can, esse paramecium*, não fazia a menor idéia do porque eu estava com tanta raiva.

(* É um gênero bem conhecido de protozoários ciliados, com dimensões entre 50 e 300 micrômetros, dependendo da espécie. Fonte: Wikipédia).

Eu sei que eu sou inseguro. Sou sensível e suspeito de todo mundo. Não acreditava em ninguém, mas então o conheci. Eu estou disposto a baixar minha voz, arrancar os espinhos e abrir meu coração para ele. Eu respeitosamente o amo, o que talvez seja um pouco estranho, mas é realmente a mais pura verdade.

Eu vi quando ele estava agarrado às costas de seu amigo do futebol mais cedo. Então comecei a me perguntar, a pessoa que tem meu coração está tão inconsciente assim? Você sabe o que está fazendo? Você sabe que está pendurado nas costas do seu veterano?

Sim, eu estou com raiva porque ele não age assim comigo. Ele me trata diferente e isso me irrita.

Mas o que realmente me deixou com raiva, foi que, quando eu estava voltando depois de comprar água, o vi sendo disciplinado pelo Capitão do seu time. Ele estava sendo intimidado, mas cantou uma música para aquela pessoa no meio do mercado barulhento, enquanto várias pessoas passavam. As pessoas estavam olhando para eles e algumas meninas começaram a comentar: – Será que eles são namorados?

Pedi que ele se apressasse e seguisse em frente, porque estava com medo de acabar dizendo algo que o fizesse me odiar.

Hei … por que eu tenho que gostar de um cara tão estúpido?

Ele estava tão alheio que nem conseguia perceber nada.

Não fui claro o suficiente quando me declarei para ele? Uma pessoa como eu, que é tão orgulhosa, está pronta para seguir ele com facilidade, ele não consegue sentir meu amor?! Talvez tenham muitas coisas desagradáveis no meu amor. As coisas que me machucaram no passado estão muito misturadas dentro da minha forma de amar, mas quero superar esse abismo do passado e deixar tudo para trás. Eu quero você comigo. Eu quero que você me salve.

– Tin … Tin … espere por mim, onde você está indo com tanta pressa?!

Reviro os olhos, mas não paro de andar, porque tem muitas pessoas ao nosso redor, e esse lugar não é bom para conversarmos.

– Tin … Tin! Hei! Eu já andei demais, meus ovos de peixe vão derramar …

Então deixe derramar! Gritei em meu coração,  ainda sem parar de andar, pois sabia que ele ainda me seguia. Ele continuou gritando, sem se importar com o olhar das pessoas ao nosso redor.

No fim das contas, ele não conseguiu mais se aguentar, então apressou o passo e ficou na minha frente para que eu parasse. Ele olhou para mim com uma expressão triste, e eu subitamente não pude lidar com aquilo.

– Pegue isso, nós vamos comer juntos. Sim, me deixar carregar tudo sozinho é bem injusto.

Ok, talvez eu tenha pensado demais. Achei que ele estava com raiva de mim por causa da minha atitude, então não esperei que o motivo fosse a minha falta de ajuda. Ele me deu algumas sacolas e depois esperou por mim. Depois das sacolas estarem distribuídas, ele … riu de mim.

– Agora sim. Vamos juntos, comer juntos, andar juntos e depois eu te dou o dinheiro pelo o que comi.

Estranho … esse sentimento é tão estranho.

Não é estranho eu estar de bom humor por causa de uma coisa tão pequena, mas sim porque todo aquele sentimento de irritação simplesmente sumiu depois de ver a alegria em seus olhos.

Talvez o amor simplesmente seja assim, ele entende meu jeito e eu amo o seu esplendor.

– Sério, por que você está andando tão rápido? Eu estava com medo de não conseguir te acompanhar, oh … desculpe, eu exagerei. Mas é que ver você suando é tão divertido. Ok, ok, desculpe, eu exagerei demais, então o Jovem Mestre Tin ficou envergonhado. Mas você não precisa fazer isso, agir assim, você não consegue conversar? Venha, você tem algum lenço?

Ele nem mesmo sabia porque eu estava com raiva.

Ele, na verdade, pediu o lenço para limpar o meu suor, o que me fez suspirar em desamparo.

– O que? Oh, você não tem um …

– Tem no bolso da minha calça. – O interrompi antes que ele começasse a falar sem parar, mas mesmo assim ele sorriu. Sem perguntar mais nada, ele estendeu a mão e a enfiou no meu bolso. Minha expressão mudou imediatamente, e eu olhei para outro canto. Estava paralisado e, sem saber o que fazer, apenas deixei ele fazer o que quisesse.

– Venha aqui, deixe esse servo te ajudar a limpar o suor … – Ele disse enquanto se inclinava como na cena de um filme clássico, estendia a mão e me ajudava a limpar o suor. Ele até mesmo usou a outra mão para fazer aquilo também, e eu realmente não sabia como ele tinha feito aquilo, porque nós dois estávamos carregando várias sacolas. – Seu humor melhorou. Nós temos comidas tão gostosas, oh … você está de mal humor porque está com fome? Por que não disse mais cedo? Eu conheço um bom lugar para sentar, é super legal e confortável, então você vai gostar …

Ele disse aquilo sem parar com seus movimentos, fazendo com que eu me acalmasse de forma inacreditável. Quando terminou de limpar meu rosto, ele mostrou um grande sorriso para mim… eu não consegui evitar senão sorrir para ele de volta.

– Você está de bom humor, isso é bom. Você deveria ficar de bom humor quando está comigo. Eu gosto de pessoas que são otimistas e alegres.

– Como o cara de agora há pouco?

(Tradutora: Vinagre para as próximas três gerações, alguém quer um pouco? kkkkk).

Perguntei de imediato. Ele deveria ter um pouco de consciência sobre si mesmo quanto aos outros, mas esse Cantaloup … não tem!

– Oh … você está falando do P’No de agora há pouco? Sim, P’No é uma pessoa otimista e alegre, mas fica facilmente irritado comigo. Eu sei que ele me ama. Eu sou um Macaco, mas ele tem muita paixão por mim, então eu gosto de provocar ele. Eu geralmente danço pra provocar ele no campo de futebol, porque é muito engraçado ver ele todo agitado.

Não consegui evitar, rolei meus olhos mais uma vez. Ele acabou de dizer na minha frente que gosta desse cara. Ele realmente não sabe de nada e não se dá conta dos meus sentimentos.

– Eu gosto de você.

– …

Repeti as palavras que confessei para ele antes, então o vi apertar os olhos e se afastar.

– E-eu … eu sei!

Estou com ciúmes …

– Você realmente sabe?

Eu realmente não consigo acreditar que existe alguém tão estúpido assim no mundo. Como ele pode não notar meus sentimentos? O vi olhar para mim de forma estúpida enquanto tocava o próprio cabelo.

– Sabe o que você está dizendo? Não tente me confundir com suas palavras, se você quer esclarecer alguma coisa, então diga.

Respiro fundo, mas esse não é meu estilo.

– Não é nada.

– Aí está de novo. As pessoas sempre dizem isso, que não é nada. Eu realmente odeio essa palavra!

– Eu estou tentando te conquistar, namorar, o que mais eu deveria dizer?

– Eu sei … eu sei, você já disse isso várias vezes. Eu também já disse que não sei se sou capaz de permitir isso, ainda não sei se isso é bom pra você.

Pisquei algumas vezes, então me virei para olhá-lo: – Você quer que eu fique de bom humor?

– Sim!

– Então me beije.

– O que?!

Quando terminei de falar, ele abriu a boca como se não conseguisse acreditar naquilo.

Ele ficou parado por um tempo, então reclamei antes que ele pudesse dizer alguma coisa: – Não fale, apenas me beije.

– Lá vai você de novo. O que você não consegue resolver com sua boca, você resolve com seu rosto. Antes, você usou o celular como desculpa para me beijar, então depois beijou meu rosto, hoje a tarde me deu um beijinho e agora quer outro beijo. Você é um maníaco beijoqueiro? Bem, se eu te beijar, você não vai reclamar, né?

Depois de reclamar, ele verificou se eu estava de bom humor, então concordei.

– Você é realmente chato. Esquece, depois de tudo, nós já nos beijamos várias vezes, e te beijar mais uma vez não vai fazer minha boca doer.

Depois de dizer aquilo, ele olhou para os lados e verificou se não tinha ninguém por perto …

*Chuac*

– Satisfeito?

– Isso não foi um beijo.

Ele apenas tocou os lábios com os meus bem rápido, como uma cobra. Para mim isso não é um beijo, mas ele continua insistindo: – Isso é um beijo para mim, não é para você? Você não vê filmes? Os beijos neles são só pequenos toques na boca. Ah, você pode aceitar isso? Vamos comer, eu estou com fome …

Ele se virou e parou na minha frente. Se eu pudesse ver o rosto dele direito, sem a luz do sol refletindo em nós, poderia ver mais claramente que o rosto dele estava bem vermelho. Suspirei em desolação. Já foi bom o bastante ter apenas isso.

Eu estava pensando e, de fato, Can ainda não foi conquistado, então realmente não sei porque ele estaria disposto a beijar outro cara, ainda mais alguém com quem ele não está satisfeito. Mas, de alguma forma, sinto que ele me aceitou. Eu só não sei ainda se minhas intenções e as emoções dele estão claras em sua mente.

É impossível para ele beijar alguém com quem não compartilhe bons sentimentos, então decido não demonstrar que estou com ciúmes, ao invés disso eu decidi lhe dar espaço. Eu acho que, primeiro, vou deixar ele aceitar que tenho um lugar especial no seu coração.

*Suspiro*

Por que eu tenho que gostar de um cara com a mentalidade de um bebezão que não combina nada comigo?