Su Haiqing não conseguia entender como as coisas tinham terminado daquela forma.

Naquele momento ele estava sendo arrastado para o banheiro por um estranho e sendo prensado contra a parede enquanto usava apenas um calção de banho. Ele sentiu sua cintura pressionar contra a válvula do chuveiro, o que ocasionou na queda de uma cascata de água no ombro dos dois, que logo em seguida ficaram completamente molhados.

O homem levou a mão para sua lombar e Haiqing instintivamente se contraiu, mas no fim das contas o outro só queria fechar o chuveiro.

O homem aproximou o rosto do dele. Parecia que enquanto ele o desejasse a outra parte não se oporia a beijá-lo. Suas pupilas eram muito escuras e seus olhos profundos, tanto que Haiqing quis instintivamente os evitar. Ele sentia que se continuasse a olhar para aqueles olhos ele acabaria … talvez ele acabasse encantado por ele.

– Você … –  Haiqing queria perguntar a ele qual eram suas intenções, mas era difícil respirar contra a respiração pesada do outro e o ambiente úmido quente. Ele sentiu uma sensação estranha em seu peito, como se estivesse sendo apertado ou encurralado, o que só permitiu que ele disse uma única palavra enquanto tremia com a situação.

O homem olhou para ele e riu. Era difícil dizer se ele estava rindo por causa de suas ações que indicavam timidez ou se ele o achava … ridículo.

Não tinha mais como Haiqing pensar nisso, então ele nunca soube a resposta. Ao invés daquilo o que soube foi que os lábios do outro tinham um sabor incrível de mel e que a língua dele o provocava até seus pensamentos ficarem turvos, então ele não conseguiu evitar abrir os lábios para receber o outro.

– Obrigado por me ajudar, qual é seu nome? – O homem lambeu seus lábios enquanto questionava e continuou a beijar Haiqing, era como se ele o estivesse se divertindo.

Haiqing murmurou baixinho. Aquela foi a primeira vez que ele achou difícil dizer seu próprio nome. Quando seus olhos se desviaram ele viu algo azul escuro, enorme e calmante o dando forças e coragem para voltar a olhar para cima. Eles olharam um nos olhos do outro. Como resultado, sua habilidade de falar voltou, mesmo que o nervosismo e o tremor permanecessem.

– Su Haiqing … – O outro mordeu os lábios e seus cílios tremeram, fazendo ele parecer tão lindo quanto uma ilusão.